Palácio dos Leões vai iniciar articulação pelo comando da Assembleia; Antonio Pereira deve ser o indicado do governo

O governador Carlos Brandão (PSB) deve iniciar a partir da próxima segunda-feira, 21, após aclamação do novo presidente da Federação dos Municípios (Famem), Ivo Rezende (PSB), as articulações efetivas para a a eleição da Assembleia Legislativa, marcada para fevereiro.

E o palácio dos Leões trabalha entre os deputados na busca do mesmo consenso que alcançou na Famem.

Até agora três nomes são discutidos mais abertamente entre os parlamentares: o atual presidente Othelino Neto (PCdoB), que tem apoio aberto do senador eleito Flávio Dino (PSB), e os decanos Arnaldo Melo (PP) e Antonio Pereira (PSB), defendidos por setores do Palácio dos Leões.

Alguns outros deputados ser articulam correndo por fora, como Ariston Gonçalo (Avante) e Iracema Vale (PSB), além do líder do governo Rafael de Timon (PSB).

Embora as conversas de bastidores devam se intensificar nas próximas semanas, o mais provável é que o debate sobre a Assembleia ganhe mais corpo durante o recesso parlamentar de final de ano, quando os novos deputados já estiverem diplomados e em montagem de gabinete na Casa.

Comenta-se nos bastidores que a cadeira do presidente já está definida e tem Antonio Pereira como o favorito, hoje. Pereira é um dos deputados mais experientes da casa, além de ter o aval do próprio governador Carlos Brandão.