Em Presidente Dutra, cabo HDMI que custaria R$ 19,00 irá custar R$ 237,00 para Prefeitura de Presidente Dutra, um possível indício escancarados de superfaturamento.

A prefeitura de Presidente Dutra trouxe à tona na edição de nº 0314 da última quinta-feira (26), mais uma possivel prova cabal de superfaturamento com dinheiro público. A ATA DE REGISTRO DE PREÇOS Nº 008/2022-CPL do mês de maio de 2022, mostra que o Município de PRESIDENTE DUTRA – MA, apresentou no Pregão Eletrônico para Registro de Preços n° PE 008/2022, e contratação de empresa especializada para aquisição de equipamentos, suprimentos e materiais de informática destinados a atender as necessidades da Prefeitura os referidos preços.

A ata chama a atenção pela diferença dos valores em vários itens, por exemplo, um CABO HDMI, que em consulta aos sites especializados custaria entre R$ 19,00 e R$ 65,00, para o município de Presidente Dutra, irá custar R$ 237,00 mais de 200,00 de diferença do preço de mercado.

Além do cabo, consta também um tonner de impressora que em pesquisa aos sites especializados valeria R$ 81,00, para o município irá custar R$ 337,00. Ao todo foram compradas 300 unidades que custou mais de R$ 100.000,00, tudo isso feito aos olhos do povo e publicado em diário oficial.

Mas não para por aí, consta também na mesma ata um HD SSD 240GB, que no mercado custa em média R$ 250,00, para a Prefeitura de Presidente Dutra irá custar, acreditem, R$ 998,00.

CONFIRA AQUI O DIÁRI OOFICIAL DO DIA 26 DE MAIO

Basta uma consulta simples para ver que está tudo errado e com indícios de superfaturado. Cabe agora ao ministério público investigar mais um indício cabal de um possível superfaturamento envolvendo a Prefeitura de Presidente Dutra.

Abaixo segue o documento na integra.

Deixe um comentário