A HERANÇA DO DINO: IBGE diz que 74% dos maranhenses vivem com menos de um salário mínimo

A HERANÇA DO DINO: IBGE diz que 74% dos maranhenses vivem com menos de um salário mínimo

74% da população do Maranhão vivem com menos de um salário mínimo. É o que afirma a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Entre os estados, o Maranhão é que tem a maior índice de pessoas vivendo com menos de um salário mínimo. Fechando a lista dos cinco primeiros seguem Bahia e Ceará com 72%; Alagoas com 71%; e Piauí, com 69% da população nesse cenário.

Na lista dos que vivem com valores acima do minimo, lidera o estado de Santa Catarina, com 77% da população, seguido pelo Distrito Federal (70%), São Paulo (69%), Rio Grande do Sul (67%) e Paraná (66%).

A pesquisa aponta ainda que, no Brasil, cerca de 30 milhões de pessoas vivem com menos de um salário mínimo por mês. A concentração de renda é um dos principais causadores desse problema, além da falta de políticas públicas eficientes.

A pandemia de Covid-19 também agravou esse problema em todo o país, aumentando o abismo socioeconômico entre as classes. Com a renda bem restrita e a inflação desenfreada, tem sido um desafio manter as contas em dia ou se alimentar.

%d blogueiros gostam disto: