Governador e Prefeituras decidem ainda não decretar lockdown; Eventos e atividades presenciais no serviço público serão suspensas por dez dias.

Governador e Prefeituras decidem ainda não decretar lockdown; Eventos e atividades  presenciais no serviço público serão suspensas por dez dias.

Prefeitos e representantes de outros poderes se reuniram com o governador Flávio Dino no Palácio dos Leões.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), decidiu nesta segunda-feira, 1º, em reunião com prefeitos da Região Metropolitana de São Luís, de Imperatriz, e autoridades do Tribunal de Justiça, Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado (TCE), que ainda não vai decretar lockdown no estado.

O comunista já informou, por outro lado, que determinará a suspensão de atividades presenciais no serviço público por dez dias.

Além disso, é provável que haja novas restrições ao comércio, mas isso será definido apenas terça-feira, 2, após reunião com representantes do empresariado local.

A reunião segue no Palácio dos Leões.

Imirante.com

%d blogueiros gostam disto: