LEANDRO DE SÁ: PRESIDENTE DUTRA TEM GOVERNO MARCADO POR FOFOCAS DE BABÕES, ATRASO DE SALÁRIOS E CAOS

LEANDRO DE SÁ: PRESIDENTE DUTRA TEM GOVERNO MARCADO POR FOFOCAS DE BABÕES, ATRASO DE SALÁRIOS E CAOS

Acreditar no trabalho e na VERDADE, como o então candidato Raimundinho da Audiolar pregava em Presidente Dutra, parece não ter sido a alternativa acertada. Mais que acreditar no trabalho é preciso realizar o trabalho, e além disso é pagar por aquele trabalho feito. Nada disso vem acontecendo na cidade que hoje é administrada pelo empresário Raimundinho da Audiolar. Nada mais do que a VERDADE, é algo que o atual prefeito de Presidente Dutra não aceita, para ele trabalhar a VERDADE é extremamente primordial, e não deixa de ser mesmo. Mas uma coisa ele faz questão de frisar, a VERDADE que existe é só a dele, qualquer pessoa que ousar em criticá-lo faz parte da MENTIRA E DA ENGANAÇÃO. Pura balela, papo de político desprovido de informação que acha que pode administrar um município sem nunca receber uma crítica.

UM RECADO AOS BABÕES DE PLANTÃO.

Acredito que nossos leitores na cidade de Presidente Dutra já entenderam nosso recado, já elogiamos o trabalho do prefeito quando de seus acertos, mas também vamos criticá-lo quando ele errar. No entanto, isso é o que menos importa para os BABÕES DE PLANTÃO, aqueles que ganham apenas um salário mínimo, ou menos que isso e ganham porque não tem capacidade intelectual para ganhar mais, são justamente aqueles que tentam DESQUALIFICAR o trabalho de quem faz críticas pertinentes ao atual prefeito, não devemos esperar mais nada desses AFAMADOS BABÕES, eles são pagos com migalhas justamente para essas práticas. Portanto, fiquem a vontade para criticar o BLOG , já somos acostumados com esses BABÕES, eles são desprovidos de tudo, inclusive de amor-próprio.

MINISTÉRIO PÚBLICO NA COLA DO PREFEITO

O Ministério Público já está  na cola do prefeito de Presidente Dutra. De  todos os postos de saúde que existem na cidade apenas um está funcionando; a UBS do bairro de Fátima é a única que está de portas abertas. Acreditem, é isso mesmo, em plena pandemia isso está acontecendo na cidade administrada por Raimundinho da Audiolar. As demais ainda não se sabe porque o prefeito da VERDADE ainda não conseguiu colocar para funcionar, e por isso o Ministério Público já está inclusive fazendo fiscalização para saber os motivos dessa calamidade.

PAGAMENTOS ATRASADOS.

Melhor do que trabalhar é receber, já falamos isso no início do texto, mas isso também não tem sido praticado com virtude no governo do prefeito Raimundinho da Audiolar. Vários setores da prefeitura reclamam de salários atrasados, fica um empurrando para outro e quem é de fato para resolver (que é o prefeito), ninguém consegue falar com ele com um papo de ADMINISTRADOR, coisa que parece que nem mesmo o tempo será capaz de resolver, fazer dele um ADMINISTRADOR DE FATO.

UM PEQUENO GRUPO DA FOFOCA

Por lá, existe um pequeno grupo de pessoas, alguns até com conhecimento suficiente para estar onde estar, porém, são justamente aqueles que não ajudam o prefeito a administrar. São pessoas que vivem diariamente a levar problemas do ex-prefeito Juran Carvalho, para o atual prefeito. São pessoas que até faziam parte do governo passado e acham que sabem de todas as mazelas deixadas por Juran Carvalho e são na verdade os mensageiros dessas desordens governamentais do passado para o prefeito Raimundinho da Audiolar.

AS MAZELAS DEIXADAS POR JURAN.

É fato que existem mazelas deixadas pelo ex-prefeito Juran Carvaho, e estamos de olho para noticiarmos todas elas aqui, como já fizemos semana passada. Mas uma coisa esses mensageiros, e até mesmo o prefeito, parece que ainda não entenderam: quem é o prefeito agora é o senhor Raimundinho da Audiolar, ele é quem tem que resolver os problemas do município. Juran Carvalho que pague por suas ações na justiça, agora o momento é outro, é de governar e mostrar trabalho. O BLOG DO DE SÁ está à disposição do prefeito Raimundinho da Audiolar, caso ele tenha se ofendido com esta matéria.

blogdodesa

%d blogueiros gostam disto: