Carlos Lula diz que eleições não contribuíram para alta da Covid-19 no MA; culpa é das festas de fim de ano

Carlos Lula diz que eleições não contribuíram para alta da Covid-19 no MA; culpa é das festas de fim de ano

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, havia afirmado no dia (24), em coletiva à imprensa, que foram as festas de fim de ano, e não as aglomerações durante a campanha eleitoral, que contribuíram para a recente alta dos caso de Covid-19 no Maranhão.

Segundo ele, as festividades relacionadas ao Natal e ao Réveillon movimentaram mais pessoas que a campanha política.

“A gente está sofrendo um impacto, ainda, das festas de final de ano. A grande contaminação se deu nas festas de final de ano, infelizmente, porque é um movimento que une toda a sociedade. A gente falava de eleição, disso, ou daquilo, mas é um número muito pequeno das pessoas que se envolve com esse tipo de atividade. No caso do Natal e do Ano Novo é algo que une todas as famílias, ou praticamente 100% das famílias”, declarou.

As declarações não convencem ninguém. E parecem mais uma forma de eximir a si próprio (e ao governo) por nada ter sido feito para conter as aglomerações eleitorais.

Suspensão

Na mesma coletiva, o secretário havia anunciado a suspensão dos eventos de até 150 pessoas no Maranhão. A medida valeria inicialmente por 14 dias.

Após repercussão negativa por parte da sociedade e produtores e eventos o secretário recuou suspendeu a medida.

%d blogueiros gostam disto: