Em reunião, Prefeitura Municipal, Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo Bombeiros, decidem que, estão proibidas festas públicas ou privadas em Presidente Dutra.

Em reunião, Prefeitura Municipal, Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo Bombeiros, decidem que, estão proibidas festas públicas ou privadas em Presidente Dutra.

A reunião que decidiu sobre a proibição dos eventos, sejam eles públicos ou privados, no âmbito do município de Presidente Dutra, contou com a participação do Ministério Público, representantes da Polícia Civil, Militar e Corpo de Bombeiros e representantes da Prefeitura Municipal.

Durante a reunião ficou decidido que até a próxima semana, estão proibidos eventos, sejam eles públicos ou privados na cidade. De acordo com informação, as festas ou eventos só poderão acontecer após uma análise da Secretaria de Saúde, que provavelmente ocorrerá na próxima semana. A secretaria fará um levantamento em relação aos casos e disseminação do novo corona vírus, após a analise haverá uma nova reunião que decidirá sobre a liberação ou nova proibição dos eventos.

As recentes proibições, atende ao pedido do Ministério Público, que vem orientando os promotores de eventos a não realização de festas, até que haja a diminuição dos casos da COVID-19, ou a chegada da vacina.

O MP segue o que foi determinado no DECRETO ESTADUAL N° 36.203, DE 30 DE SETEMBRO DE 2020, a PORTARIA N° 055, DE 17 DE AGOSTO DE 2020 (alterado pela PORTARIA N° 081, DE 21 DE OUTUBRO DE 2020), que proíbe festa com mais de 150 pessoas.

3 comentários sobre “Em reunião, Prefeitura Municipal, Ministério Público, Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo Bombeiros, decidem que, estão proibidas festas públicas ou privadas em Presidente Dutra.

  1. Como que a secretaria de saúde vai determinar algo se ele secretário é o primeiro a fazer aglomeração e andar sem proteção, outra cadê o centro de triagem e os boletins de informação pra saber como tá a realidade de nosso município?
    Moço nos estamos fritos na mão desse povo incompetente

  2. Essa reunião foi um tanto quanto vazia, seja de argumentos, seja de fundamentos. Teoricamente, era pra ter sido bem proveitosa, em razão das instituições participantes. Depois de um “consenso”, ficou acordado que, até a próxima semana, estão proibidas as festas. Porém, essa proibição, não é uma imposição a TODOS, porque, se eventualmente for acontecer alguma, passará por anuência do Secretário de Saúde. Onde já se viu isso. As atribuições de um secretário já são muitas, ainda mais essa agora, de autorizar ou não festa. Acrescento ainda, nessa reunião não foi falado, por exemplo, como será a atuação da Secretaria de Saúde para combater e/ou amenizar o contágio do covid-19. Enfim…

  3. Sobre vacina ninguém fala…a reunião deveria ser sobre o que está em foco..a vacina essa reunião deveria ter acontecido na campanha eleitoral…mas né.

Comentários estão encerrado.

%d blogueiros gostam disto: