PRESIDENTE DUTRA: POLICIAIS DO 18º BPM PRENDEM INDIVÍDUO POR POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

PRESIDENTE DUTRA: POLICIAIS DO 18º BPM PRENDEM INDIVÍDUO POR POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

A ocorrência realizada na noite do dia 25 de Dezembro culminou com a prisão de um individuo por posse ilegal de arma de fogo. De acordo com informações dos Policiais da Guarnição da Força Tática, a equipe recebeu informações via telefone, que um rapaz estaria armado com uma pistola.

 

Após o acionamento os policias se deslocaram até o endereço e ao chegar na casa, encontrou o suspeito ainda fora, completamente alterado e com uma possível arma, ao verificar a situação, o homem adentrou a residência e jogou a arma em um quarto ao lado; Depois de uma intensa negociação, os policiais conseguiram render o suspeito e encontrou várias outras armas dentro da residência.

No local, Uma espingarda Calibre 28, um revolver calibre 22, com 5 munições intactas e uma deflagrada, além de uma espingarda de ar comprimido e 5 rádios comunicadores.

Os policiais informaram que durante a ocorrência, familiares do suspeito,  informaram que o individuo teria ameaçado e agredido a esposa com uma das armas. A mulher foi orientada a procurar a delegacia para Registrar o Boletim der Ocorrências e o indivíduo encaminhado para 13ª Delegacia Regional de Presidente Dutra.No fim da noite de sexta-feira (25), um homem foi preso após agredir fisicamente a companheira e lhe ameaçar com uma arma de fogo.

O homem, que foi autuado por porte ilegal de arma de fogo, foi preso na cidade de Presidente Dutra, a 347 km de São Luís.

Segundo a Polícia Militar do Maranhão, a guarnição da Força Tática do 18º BPM recebeu denúncia de que na rua do Sítio, no bairro Paranoá, havia uma confusão doméstica e que os envolvidos estavam armados de revólver e pistola, além de dentro da residência possuir outras armas de fogo.

Os militares foram até o local e encontram dois homens na frente da residência, sendo que um deles aparentava estar em posse de uma arma de fogo na cintura.

Diante da constatação a guarnição deu voz de parada ao suspeito que, muito alterado, se escondeu dentro de sua residência.

A guarnição se abrigou e acompanhou, à distância, o homem dentro de seu imóvel e viu quando ele pegar um revólver e jogou em um cômodo da casa.

A PM tentou negociar com o suspeito, para que ele se entregasse sem resistência e sem pôr em risco a segurança dos policiais. Após um longo período de negociação, a guarnição teve a oportunidade de imobilizar e deter o homem.

Foi feita uma revista pessoal e não foi encontrado nada com o detido. Já no quarto, onde a guarnição observou o acusado jogando um objeto, foi encontrado um revólver calibre 22, com cinco munições intactas e uma deflagrada.

Foi realizada uma varredura nos demais cômodos da casa, e os militares encontraram:

  • uma espingarda calibre 28 com munições intactas e deflagradas;
  • uma espingarda de ar comprimido calibre 5.5mm;
  • três rádios comunicadores com uma base;
  • uma peça de madeira de guarda-mão para espingarda;
  • cinco peças de camuflagem.

Os policiais entraram em contato com a família do suspeito e eles informaram que o detido estava embriagado e havia ameado sua companheira com uma arma de fogo, além de lhe agredir fisicamente. A vítima foi orientada a procurar para registrar a denúncia.

Diante dos fatos, o homem foi apresentado na Delegacia Regional de Presidente Dutra, com todo o material encontrado, para os procedimentos cabíveis. Ele foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

Por G1 MA

%d blogueiros gostam disto: